Autoconhecimento, espiritualidade e bruxaria!

O Caminho Das Bruxas

Caminho das Bruxas


O Caminho das bruxas, é o caminho das pessoas que decidiram entrar num mundo de autoconhecimento e dedicação aos estudos da natureza, das energias, dos Deuses, e de todo mistério que a bruxaria carrega. Somos os filhos que escolheram como mãe a Lua e como pai o Sol, descobrimos toda a sabedoria que os ciclos lunares e solares nos trazem como fonte de poder, são através desses ciclos que tudo acontece e flui em nossas vidas. Encontramos na natureza, nos quatro elementos, fontes de vitalidade e energia, interna, externa. Encontramos a complexidade da magia e do ocultismo, que trás uma enorme necessidade de autoconhecimento para ser usada. Para realizar trabalhos mágicos, é necessário saber como você emana energia, através dos seus pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes. É aí que o amor pelo autoconhecimento que já era necessário aumenta, porque a partir do momento que você descobre que autoconhecimento além de necessário é muito satisfatório e é o que te faz alcançar a felicidade, nos faz amar cada vez mais esse caminho.

É através do conhecimento que adquirimos com o passar do tempo e que ainda estamos aprendendo a cada dia, que buscamos viver os dias e as situações da melhor forma, usando tudo que estamos aprendemos, e trazendo um pouco disso pra vocês!

Essa página, é um lugar onde deixamos mensagens que nossa alma nos diz enquanto caminhamos por esse caminho da bruxaria. Sejam todos bem-vindos!


BRUXARIA E HIPOCRISIA/PRECONCEITO/DESRESPEITO/INTOLERÂNCIA RELIGIOSA.

Bruxaria e hipocrisia


Esse texto vai para aqueles que falam sobre bruxaria e outras religiões sem pesquisar ou saber nada sobre. Muitas pessoas julgam a bruxaria e outras religiões que fogem do cristianismo, como algo ruim, que faz mal para outras pessoas, que lançam maldições, amarrações, etc. Mas já parou pra pensar, que escolher a bruxaria como algo que você se identifica na espiritualidade pode ser simplesmente por amor a tudo que ela é? Em vez de ser por querer fazer mal as pessoas, por querer saber fazer trabalhos mágicos, por querer fazer qualquer coisa que o conhecimento do ocultismo nos permite? Ou a cultura da religião ou o caminho espiritual que seja, todas as religiões, formas de ver a espiritualidade, merecem respeito! Acredite na sua, fale da sua sim, mas respeite as outras! Agora eu te falo, assim como existe pessoas cristãs que fazem coisas ruins por pura vontade também há em outras religiões, porque isso não é uma coisa separada por religião. Vamos desmistificar toda essa visão maligna que existe na bruxaria e das outras religiões que não são cristãs? Se você não gosta, tudo bem, respeite. MAS NÃO JULGUE UMA COISA QUE VOCÊ NÃO SABE NADA SOBRE, pessoas que você não sabe nada sobre, práticas que você não sabe nada sobre. Se quer criticar e perder seu tempo se intrometendo e falando sobre a espiritualidade de outra pessoa, pesquise e saiba o que está falando, e no mínimo, tenha uma conversa com respeito e tire suas dúvidas, todos não concordamos com muitas coisas, mas isso não é motivo de ignorância, desrespeito e violência.


quarta-feira, 29 de março de 2017

Lua nova



Lua nova que renova!
Venha e faça renascer
Toda magia que estou a tecer
Venha! E tece o fio
Da magia
Da cura
Da continuação do ciclo.

Bast

sexta-feira, 17 de março de 2017

O desejo de mudança existe! Só nos falta firmeza.
Os mesmos olhos que contemplam devocionalmente o sol, a lua e as estrelas pedindo sabedoria, se perde no emaranhado novelo de informações que são empurradas brutalmente o tempo todo guela a baixo. Decidir é apenas mais uma palavra sem sentido se não desperta ações.
O que é a verdade?
No fundo sabemos, mas somos frágeis demais para caminhar sem nossas máscaras e muletas. Preferimos assim, nos enganar o tempo todo, brincar com o que acreditamos nos dando o "privilégio" de uma liberdade presa no sistema e suas artimanhas, e esquecemos de quem somos de fato, e que liberdade é o estado de espírito contínuo que cultivo em minhas próprias memórias, traduzidas pelas experiências.
Até onde vamos nos sujando? Vale a pena se render tanto as muletas que as mídias, as pessoas, modismos e padrões nos submetem?
Em tempos gélidos como o que estamos vivendo, é preciso vigiar a pequena centelha do espírito que insiste em queimar e manter a centelha acesa, antes que esqueçamos de nossa essência e verdadeira natureza, a alma.

Ruan Sena



terça-feira, 14 de março de 2017

Gratidão!

"Capacite o teu espírito!
Aprenda a convocar os teus mentores, os teus guardiões, os teus tutores. Ninguém mexerá contigo, porque tu não andarás só. Mas, antes disso, saiba agradecer, pois eles te trouxeram até aqui e não exigiram nada. Seja educado e diga obrigado."


Bast